GERAL

Schroeder registra queda no número de casos ativos de Covid-19, mas nº de atendimentos médicos continua alto



A Secretaria de Saúde de Schroeder registrou queda acentuada no número de casos ativos de Covid-19, mas o fluxo de atendimentos médicos ainda continua alto. Segundo a coordenadora da Atenção Básica da Secretaria de Saúde de Schroeder, Gabriela Grabowski Bosco, o pico de casos positivos confirmados ocorreu de 6 a 13 de agosto. "A partir do dia 14 tivemos uma queda significativa nos casos".
 
Linha vermelha – nº acumulado de casos positivos/ativos naquele dia
Coluna azul - atendimentos médicos por dia
*A linha vermelha não representa o número de casos confirmados no dia e sim os pacientes em tratamento (casos ativos).
*A coluna azul não inclui os atendimentos de enfermagem.

Gabriela acrescenta que o número de casos positivos/ativos (linha vermelha no gráfico) continua em queda em Schroeder, porém a quantidade de atendimentos médicos (coluna azul no gráfico) no Centro de Triagem não diminuiu. "Isso se deve muito ao tempo, à estação que estamos vivendo. Estamos numa estação bem fria, então todas as outras gripes se confundem nesse momento com a Covid-19 e a procura continua alta. Porém a queda nos casos positivos é bem evidente".

O Centro de Triagem de Schroeder atende pacientes com sintomas respiratórios em uma estrutura na rua Blumenau, nº 32, perto do Procon, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h até as 16h. Nos fins de semana, o atendimento é realizado no P.A. 24 horas. 

Para tirar as dúvidas sobre o coronavírus, segundo a Secretaria de Saúde, os schroedenses podem entrar em contato por meio de dois números de telefone e WhatsApp: (47) 3374-6443 e (47) 9 8803-5040.

Evolução dos casos

Schroeder confirmou o primeiro caso de coronavírus no dia 6 de abril. Mais de um mês depois, no dia 25 de maio, o segundo caso da doença foi confirmado. Cinco dias depois, a cidade já tinha 10 casos confirmados. No dia 11 de julho, o município registrou a marca de 50 casos confirmados. O primeiro óbito, de uma mulher de 69 anos, foi confirmado no dia 25 de julho. Três dias depois, em 28 de julho, a cidade já tinha 100 casos confirmados. Pouco mais de duas semanas depois, no dia 14 de julho, Schroeder chegou aos 200 casos confirmados. Nesta semana, o município registrou 237 casos confirmados até quinta-feira (27). Nenhum paciente está internado.



 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM