GERAL

Schroeder recolhe, em média, 50 toneladas de material reciclável por mês
Ainda é preciso educar a população para a separação correta dos materiais.




“Ainda há muito resto de lixo orgânico em meio ao reciclável”, Valvenir Doge, diretor da Águas de Schroeder.

Com a coleta seletiva sendo realizada uma vez por semana em Schroeder, o município tem mantido uma boa média de recolhimento de materiais recicláveis. De acordo com Valvenir Doge, diretor da Águas de Schroeder, são em média 50 toneladas de material reciclável recolhidos por mês no município.

Em abril, Schroeder teve o maior número, com 60.75 toneladas de material. Em contrapartida ao baixo número do mês anterior, quando foram recolhidas 38.08 toneladas. Apesar disso, a média se mantém no município.

Embora o recolhimento, que é realizado pela empresa Serrana, esteja alto, o diretor ressalta que ainda é preciso educar a população para a separação correta dos materiais.

“As maiores dificuldades ainda são relacionadas à separação correta dos materiais por parte da população, como separar vidros de outros materiais. Além disso, ainda há muito resto de lixo orgânico em meio ao reciclável”, diz.

O diretor pede para que a comunidade fique atenta aos horários e dias que o caminhão da coleta seletiva passa pelo bairro e retire os materiais apenas instantes antes da coleta para evitar que o reciclável seja recolhido indevidamente e, ainda, espalhado por animais. “Também é muito importante identificar caixa ou sacola que tenha vidro para não machucar os coletores”, complementa.

Os materiais recolhidos são encaminhados e separados em dois galpões de reciclagem no próprio município.


 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM