ESPORTE

Feijoada é organizada pela escolinha Gol de Letra, em Schroeder

Há cinco anos as crianças de Schroeder sabem onde a bola rola. A Escola de Futebol Gol de Letra desenvolve o esporte através de aulas voltadas para as crianças da comunidade e, neste ano, até a paralisação, cerca de 120 crianças estavam matriculadas nas diversas turmas oferecidas.

De acordo com Jonatan Jurck, os treinos foram paralisados no dia 18 de março e retomados, aos poucos, conforme ocorriam as liberações do governo.

“No final de abril, houve uma brecha para treinos individuais e oferecemos em poucos horários. Depois, em meados de maio foram liberados os treinos em grupos e trabalhamos com turminhas de até cinco alunos obedecendo os protocolos de higiene”, conta.

Cerca de 30 alunos participavam das atividades reduzidas, porém, o ciclone que atingiu a cidade danificou a quadra e as atividades foram suspensas.

Apesar disso, a tradicional feijoada da escolinha vai acontecer. Mas de um jeito diferente, assim como o ano de 2020. “É um ano bem atípico, para essa área do esporte está bem complicado, tudo paralisado, mas vamos realizando as coisas conforme podemos”, ressalta Jonatan.

A feijoada, que costuma ser um momento de confraternização, irá acontecer no dia 8 de agosto. Este é o quarto ano do evento que se tornou tradição. A venda será antecipada e custará R$ 25.

A retirada acontece na sede da Recreativa Gol de Letra, a partir das 11h30. Todo o recurso arrecadado com a venda da feijoada é revertido em materiais, viagens e estrutura para os alunos da escolinha.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM