ECONOMIA

Contabilidades de Schroeder dão dicas para quem ainda não acertou as contas com o Leão



Nem os dois meses de prorrogação devido à pandemia do coronavírus fizeram com que as declarações do imposto de renda fossem entregues antecipadamente. Com prazo encerrando na próxima terça-feira (30), muitas pessoas ainda não acertaram as contas com o Leão.

Na última semana, cerca de 30% dos brasileiros ainda não tinham apresentado o documento à Receita Federal.

Obrigatória para quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019 (incluindo o décimo terceiro), a declaração continua sendo realizada em contabilidades de Schroeder que, garantem, há ainda aqueles que “deixam para a última hora”.

A proprietária da Mundo Contábil, Silvana Mara Laube Rekowsky conta que a demanda aumentou nos últimos dois meses, mas que mesmo com os 60 dias de prorrogação, as pessoas ainda esticaram para os últimos dias. A dica dela é: faça o quanto antes.

De acordo com Silvana, a contabilidade não fez um horário especial e continua atendendo das 7h30 às 12h e das 13h às 17h18, mas caso alguém necessite de um atendimento fora do horário, pode entrar em contato para agendar.

Ela conta que, apesar de a clientela já estar acostumada e não ter uma dúvida especial, neste ano há muitas declarações com ganho de capital.

Já na AM Contabilidade, Ademir Bruch conta que o movimento tem se mantido, embora as pendências existam nos últimos dias “como todos os anos”, diz.

A AM também não estendeu o horário de atendimento e continua com as portas abertas entre 7h30 e 17h30.

Ele explica que, entre as principais dúvidas estão: declaração de despesas com dependentes, despesas médicas e declaração de bens. A dica de Ademir é a mesma: faça o mais rápido possível.

“Não deixe para a última hora porque muitas vezes você pode precisar de um documento e não haverá tempo hábil para procurar”, fala.

A multa por atraso na entrega é de 1% ao mês-calendário e, o valor mínimo, é de R$ 165,74.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM