GERAL

Saúde reforça importância da vacinação covid em meio à alta de casos em Jaraguá do Sul

A Prefeitura de Jaraguá do Sul, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, está atenta ao aumento no número de casos de covid-19 no país e em Santa Catarina.

O cenário não é diferente no município, pela sexta semana consecutiva foi registrada alta nas notificações da doença. Hoje, já são mais de 500 pessoas em tratamento e monitoramento na cidade.

Na Matriz de Alerta Epidemiológico do Governo do Estado, Jaraguá do Sul está entre os 52 municípios em nível alto para a doença.

Esses níveis são determinados pela observação das taxas de incidência de casos de covid-19 e de hospitalizações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), na semana epidemiológica anterior e também pelas coberturas vacinais da população.

A média no volume de testes realizados também vem subindo nos últimos dias em Jaraguá do Sul.

O secretário de Saúde, Alceu Gilmar Moretti, ressalta que, de forma geral, os números podem estar relacionados com a queda na procura pela vacinação contra a covid e a flexibilização dos métodos de prevenção, como o uso de máscaras, por exemplo.

Moretti destaca que, em Jaraguá do Sul, muitas pessoas que já poderiam estar totalmente imunizadas contra a covid, não tomaram, sequer, a primeira dose da vacina.

 

"É uma atitude que impacta a todos, o vírus não para de circular e em alguns momentos a transmissão aumenta. Estamos tendo mais casos e a vacina está à disposição nos postos", lamenta.


De acordo com os dados da Secretaria Municipal de Saúde a faixa etária entre 18 e 39 anos é a que menos está comparecendo para a vacinação covid.

Na estimativa feita pelo Ministério da Saúde o Município tem em torno de 69 mil pessoas na faixa dos 18 aos 39 anos.

Destas, 51 mil já receberam, pelo menos, uma dose de vacina, as outras 18 mil já poderiam ter se vacinado, mas não tomaram nenhuma dose ainda.

 

"Essas pessoas são economicamente ativas, e são as que mais circulam na cidade, seja no ambiente de trabalho, faculdades, bares, mercados e locais de lazer", afirma o diretor de Vigilância em Saúde, Dalton Fischer.


Acima dos 40 anos os percentuais de vacinação covid são considerados satisfatórios no Município, ultrapassando a casa dos 96% de cobertura no esquema primário (D1 e D2).
 

"Acredito que não podemos descuidar da prevenção por vacinas, pois está ocorrendo um aumento de casos e internações nas últimas semanas, bem como a transmissão de infecções respiratórias acaba sendo facilitada no período de outono e inverno, onde as pessoas permanecem mais tempo em ambientes fechados. A falsa sensação que não há mais gravidade em relação à covid pode ser um dos fatores das pessoas não procurarem a vacinação e lembramos que, com o passar do tempo, pós-vacina , a titulação de proteção diminui e o reforço faz -se necessário", alerta a supervisora de Imunização da Secretaria de Saúde, Ana Cristina Kneipp.


Números da Vacinação em Jaraguá do Sul até a quinta-feira (26)

- 340.387 doses recebidas
- 137.755 vacinas aplicadas 1ª dose
- 128.815 vacinas aplicadas 2ª dose
- 6.249 vacinas aplicadas dose única
- 54.370 doses de reforço

Totalizando 327.189 doses de vacinas aplicadas até o momento.






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM