GERAL

Pronto Socorro Respiratório do hospital de Guaramirim tem aumento no número de atendimentos


Foto: Divulgação/HSA

O Pronto Atendimento Respiratório do Hospital Santo Antônio, de Guaramirim, vem registrando aumento no número de consultas diárias.

Nesta semana, inclusive, alcançou o recorde de 2022, com 207 pacientes atendidos, na última segunda-feira (17). Na terça-feira (18), foram 167, segundo maior total do ano. 

Diante do cenário, a diretoria do HSA está ressaltando entre os guaramirenses as indicações de quando procurar auxílio médico de emergência por suspeita de Covid-19.

Segundo comunicado da instituição, é preciso se deslocar ao hospital apenas quando os sintomas de síndrome gripal alcançarem curva de piora após 48h ou se o paciente sentir falta de ar ou dor para respirar.

Além disso, também é sugerido atendimento em casos de tosse e febre persistente mesmo após a ingestão de antitérmico. 

A lista de sinais ainda inclui dor articular ou no corpo, bem como cefaleia, que não passa com analgésico ou que necessite de mais de uma medicação para redução.

Diarreia e vômito, prostração, desânimo e falta de apetite, principalmente, em crianças e idosos, são outros sintomas de alerta que requerem atendimento médico. 

Conforme o diretor Valmor Busnello, as idas desnecessárias ao hospital são contraindicadas pelo risco de exposição à Covid-19 e H3N2.

Atualmente, em Guaramirim, além do atendimento 24h do HSA, há um Centro de Triagem montado na Rua João Butschardt, 365, no Centro. Ele funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. 

CUIDADOS DEVEM SER MANTIDOS

Diante da alta de casos de Covid-19 e H3N2, os cuidados preventivos se tornam ainda mais importantes.

Eles incluem uso de máscara de proteção, não compartilhamento de itens de uso pessoal e higienização frequente das mãos.

Ao tossir ou espirrar, é essencial cobrir a boca e o nariz com as mãos. Evitar aglomerações, em suma, em ambiente fechados, é outra recomendação. 

Fonte: Assessoria de Imprensa




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM