GERAL

Teste rápido: acessível, fácil e sigiloso





Você sabia que o teste rápido de HIV, sífilis e hepatites virais está disponível em todos os postos de saúde de Jaraguá do Sul?

Sabia que se testar com frequência pode ser a diferença entre ter qualidade de vida ou se debilitar com uma doença? Os exames podem ser feitos de forma anônima.

No centro de testagem e aconselhamento, além da coleta e da execução dos testes, há um processo de aconselhamento, para facilitar a correta interpretação do resultado pelo usuário.

Em Jaraguá do Sul, o Centro de Testagem e Aconselhamento fica anexo ao Pama 1, no bairro Czerniewicz, e atende das 8 às 11 horas e das 13 às 16 horas.

as todo esse procedimento também acontece nos postos de saúde. As equipes são treinadas para realizar o exame.

A supervisora do Serviço de Assistência Especializada Leníria de Cássia Menel explica que o teste rápido para HIV serve tanto como diagnóstico quanto como prevenção e, muito importante, evita que o vírus se propague, uma vez que a pessoa que sabe que tem o vírus é orientada a se proteger e proteger seu parceiro.

Diagnosticado com HIV, o usuário terá acesso a tratamento gratuito pelo SUS, chegando a não transmitir mais o vírus a outros parceiros, o que se chama de carga viral indetectável.

Em 2019 a rede municipal de saúde realizou 58,5 mil testes rápidos. Desses, 79 foram positivos para HIV.

A gerente de Vigilância Epidemiológica Fabiane da Silva explica que em casos de resultados positivos é feito um teste laboratorial de confirmação.

Após esse teste, o paciente é encaminhado para tratamento com equipe multidisciplinar, incluindo psicólogo.

“Há alguns anos o tratamento medicamentoso era feito só quando o paciente já estava muito perto de desenvolver a doença – a Aids. Hoje, não. O tratamento começa assim que é confirmado o diagnóstico e, com isso, a chance de não desenvolver Aids e não transmiti-la é muito grande”, comemora Fabiane.

Serviço

O quê: Teste rápido para HIV, sífilis e hepatites B e C

Quem: todas as pessoas que passaram por alguma situação de risco, como sexo sem preservativo. As hepatites virais também podem ser contraídas pelo compartilhamento de agulhas, lâminas de barbear, alicates de unha e outros objetos que furam ou cortam.

Quando/Onde: de segunda a sexta-feira, das 7 às 11h30 e das 12h30 às 16h30 nos postos de saúde do município. E no horário das 8 às 11 horas e das 13 às 16 horas no Centro de Testagem, anexo ao Pama 1.

Mais informações: 2106-8300 ou no posto de saúde mais próximo


 


Galeria de Fotos:





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM