GERAL

Programa Saco Verde entre as melhores práticas de SC

O programa “Saco Verde”, criado pela Prefeitura de Jaraguá do Sul e que está sob os cuidados do Samae local, foi escolhido como um dos oito melhores projetos de boas práticas na área de gestão municipal de resíduos, em Santa Catarina, e será apresentado no Fórum Catarinense das Boas Práticas Lixo Zero, que acontecerá em Florianópolis, nesta sexta-feira (11).

O evento é da Federação Catarinense dos Municípios (FECAM), em parceria com o Instituto Lixo Zero Brasil, e tem como principal objetivo discutir, mapear e promover as boas práticas do estado catarinense, demonstrando aos cidadãos que já existem exemplos e maneiras de buscar a mudança. Serão abordados temas como tendência e inovação, conscientização e educação, redução e reuso, reciclagem e compostagem.

Programa Saco Verde

O Samae de Jaraguá do Sul assumiu a gestão dos resíduos sólidos em 2018, e desde então, desenvolve práticas para aumentar o índice de reciclagem no município.

O programa “Saco Verde” consiste na distribuição de sacos plásticos para o armazenamento de material reciclado. Tendo como objetivo principal fomentar, estimular e incentivar a reciclagem, fazendo com que a população separe corretamente os seus resíduos, destinando os materiais recicláveis à coleta seletiva.

A distribuição dos sacos verdes é feita a cada cinco semanas com a entrega de cinco unidades por residência.

Atualmente, 92% dos jaraguaenses dizem separar os materiais recicláveis em casa, segundo pesquisa recente.

Tal postura resultou em um índice que varia de 26% a 30% de reciclagem na cidade, o que considerado um dos maiores índices do Brasil.

São distribuídos 200 mil sacos por mês e 120 famílias vivem diretamente da reciclagem, por meio de 12 cooperativas conveniadas. Em 2021, a expectativa do Samae é recolher mais de oito mil toneladas de material reciclável.

Para o prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Aleixo Lunelli, o município ser reconhecido por boas práticas é motivo de comemoração.

“Participar de um evento como esse (Fórum Lixo Zero) é muito gratificante. O fato de outros municípios nos procurarem para saber mais sobre como estamos tratando da reciclagem em Jaraguá do Sul, é sinal de que estamos no caminho certo”, disse.

O Samae de Jaraguá do Sul é uma das poucas empresas de saneamento do país a atuar com resultados expressivos nas quatro vertentes do saneamento básico: tratamento de água, tratamento de esgoto, drenagem e resíduos sólidos (lixo).

Segundo o diretor presidente da autarquia, Ademir Izidoro, levar informações sobre esse tema (resíduos sólidos) à um Fórum importante como esse, é da mais alta relevância.

“Encontrar alternativas para o aproveitamento dos resíduos é tão importante quanto tratar a água esgoto de uma cidade”, avalia.

O Fórum Catarinense Municípios Lixo Zero é um evento preparatório para o Congresso Internacional Cidades Lixo Zero (Zero Waste Cities), que acontecerá nos dias 22, 23 e 24 de junho de 2021, em Brasília, onde as boas práticas de todo o país serão apresentadas, juntamente de exemplos internacionais.



Galeria de Fotos:





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM