ESPORTE

Juventus perde em casa e não vai à semifinal do Catarinense

O Marcílio Dias está entre os quatro melhores times do estado. Na noite desta quarta-feira (28), eliminou o Juventus fora de casa, no estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul, ao vencer por 1 a 0, repetindo o placar do jogo de ida.

Assim, o Marinheiro, do técnico Carlos Alberto Teco, vai à semifinal contra a Chapecoense.

O Moleque Travesso, por sua vez, não consegue repetir o feito do ano passado, quando ficou entre os quatro melhores da competição. Apesar da eliminação, o Moleque Travesso está garantido na Série D do Campeonato Brasileiro de 2022. O Marinheiro também assegurou sua vaga com a classificação.

O JOGO.

Logo no primeiro minuto, Luiz Menezes, do Marcílio Dias, entrou na área, caiu e reclamou bastante de um pênalti, que não foi assinalado pelo árbitro.

Aos 8min, o Marinheiro teve um grande prejuízo, quando o atacante Nathan Cachorrão sentiu uma lesão muscular e foi substituído por Anderson Ligeiro.

Mesmo precisando do resultado, o Juventus não conseguia pressionar e parava na defesa bem postada do Marcílio Dias.

Aos 34min, com Luccas Brasil, o time da casa chegou a marcar o gol, no rebote do goleiro, mas estava impedido e o árbitro anulou a jogada.

O momento de maior tensão no primeiro tempo veio aos 43min, quando Franklin, do Marcílio Dias, desmaiou em campo após trombar com Cesinha, do Juventus. Ele acordou em seguida, mas foi levado de ambulância.

Porém, não precisou ir ao hospital e ficou no banco de reservas, chorando bastante.

No segundo tempo, o Marcílio Dias continuou melhor do que o Juventus e abriu o placar logo aos 8min, com Wallace, de cabeça, aproveitando uma cobrança de escanteio.

Naquele momento, o time da casa precisava de dois gols para se classificar às semifinais do campeonato. O Juventus, então, adiantou a marcação e partiu para a pressão total.

Aos 24min, Rayan arriscou um chute forte e Victor Golas fez grande defesa, evitando o empate. Porém, a pressão não deu resultado, o empate não veio e o Marcílio Dias comemorou a classificação.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM