ECONOMIA

Índice de empregabilidade aumenta em Jaraguá do Sul em 2019



Reforma Trabalhista e Terceirização. Para o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação da Prefeitura de Jaraguá do Sul, Domingos Zancanaro, estes são os dois principais fatores para a mudança gradual do panorama de empregos no Município nos últimos quatro anos.

Durante a recente plenária da Associação Empresarial de Jaraguá do Sul (Acijs), ele expôs números que traçam bem esta alteração na empregabilidade local.

Em 2015, no auge da crise econômica brasileira foram fechadas, segundo dados apresentados por Zancanaro, 1195 postos de trabalho. Situação que se agravou no ano seguinte quando o Município registrou este índice negativo em 3975 vagas.

Já em 2017, no entanto houve um acréscimo de 277 vagas. “Já em 2018 fechamos com um saldo positivo ainda melhor de 2235 e este ano, até outubro, 3009 novos postos de trabalho” reiterou.

Para o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico acredita que a mudança de panorama é fruto da expansão da indústria, comércio, dos serviços que, segundo ele, vem crescendo aqui em Jaraguá. “A gente tem uma expectativa para o ano que vem muito mais positiva. Não só na questão da empregabilidade, mas também na melhoria econômica desta matriz aqui do Município com geração de novas empresas. E que isso vai gerar oportunidades de novos postos de trabalho”, avaliou.

É neste contexto que Domingos Zancanaro aponta as recentes Reforma Trabalhista e a Lei de Terceirização como fatores essenciais nesta transformação de cenário.

“Foram ações importantes para que a gente pudesse favorecer a volta do crescimento econômico. E teve um fator que em Jaraguá foi bem característico, a possibilidade da terceirização”, observou.

Um indicador desta mudança de comportamento é a criação de novas empresas justamente para suprir esta demanda. “Até este momento, temos aqui 2237 empresas criadas neste ano e muitas delas na área de serviços. Também percebemos mudanças nas relações de trabalho que estão migrando para a contratação de um serviço terceirizado, o que gera novas oportunidades tanto para o empreendedor que está contratando tanto para quem está empreendendo nessa nova empresa. Outro fator é que isso te permite ter acesso a uma mão de obra especializada”, disse o secretário.

Neste novo panorama, prossegue Zancanaro, em 2018, 1621 empresas já haviam criadas “Comparado aos índices atuais este é um crescimento bastante intenso.

"Tivemos de 2017 a 2018 um crescimento em torno de 40% no número de empresas abertas aqui em Jaraguá e agora este ano estamos chegando perto deste patamar, algo em torno de 37%, índice que deve melhorar até o fim deste ano”, projetou.

Turismo e inovação – Domingos Zancanaro também chama atenção para outros dois segmentos que segundo ele, vem crescendo em Jaraguá do Sul: turismo e inovação.

“Na questão do turismo temos feito um esforço muito grande. O segmento tem melhorado em número de eventos, de promoções e pretendemos colocá-lo como uma rota já que estamos num entorno que engloba outros municípios como Pomerode, Joinville, Balneário Camboriú entre outros. Hoje a gente já o cicloturismo, ações no turismo religioso, na parte de gastronomia, principalmente as cervejarias locais que são frentes importantes para que a gente possa gerar o maior número de empregos e maior renda para população jaraguaense”, destacou o secretário

“Já o outro segmento importante é a área de inovação onde a gente tem um trabalho junto com várias instituições. Com a implantação do Centro de Inovação - onde há várias startups desenvolvendo seus trabalhos e já fazendo negócios, prospectando colocação no mercado – isto é mais evidente. Isto também tem refletido na questão das receitas do Município.

Grupo de trabalho - Zancanaro destaca ainda que hoje existe um grupo de trabalho chamado PróEmpresas que envolve todas as secretarias municipais e que atua no sentido de crescimento econômico. "Acredito que o Município conseguiu melhorar a sua legislação para que criar um ecossistema mais empreendedor do que Jaraguá já é. Isto facilita para quem quer empreender. Hoje quem quer abrir uma empresa aqui em Jaraguá tem as portas abertas. Em cerca de dois dias ele pode constituir uma pequena empresa de baixo impacto e risco. Isso também possibilitou esse crescimento e a melhoria da empregabilidade.  Ainda estamos aquém do que precisa crescer, mas há uma luz no fim do túnel. Neste sentido, a Câmara de Vereadores tem sido parceira para que a gente possa aperfeiçoar esta legislação. Afinal, ninguém faz nada sozinho. Isso é fruto de um trabalho de todos: das secretarias do Município, junto com o Legislativo, com os empresários, com os trabalhadores.

Empregos em números

2019 (de janeiro a outubro) – 3009 vagas com carteira assinada

2018 – 2235 vagas

2017 – 277 vagas

2016 - - 3975 vagas

2015 – foram fechadas 1195 vagas



Galeria de Fotos:





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM