COLUNISTAS

PET LEGAL | Outubro Rosa: um toque para quem ama seu pet



Como muitos sabem, outubro é o mês da campanha de prevenção ao câncer de mama, em mulheres. Mas você sabia que cães e gatos também podem ter câncer de mama? Não só isso: é o processo tumoral mais frequente em cadelas!

Enquanto em gatas, é o terceiro tipo mais comum. A incidência da doença aumenta a partir dos 8 anos de idade. E não se engane: os machos também podem adquirir a doença, porém em uma incidência menor.

Predisposição genética, associada a fatores externos como a alimentação, além do uso de anticoncepcionais, são fatores que podem contribuir para a formação do tumor em cães e gatos.

A visita periódica ao médico veterinário é de extrema importância, pois o diagnóstico precoce aumenta as chances de sucesso no tratamento.

O veterinário é o único profissional que pode examinar e diagnosticar a presença de problemas relacionados à doença de forma adiantada, e indicar o melhor tratamento para o seu cãozinho ou gatinho.

A castração precoce é uma forma eficaz de prevenir tumores mamários. Em casa, deve ser feita uma palpação minuciosa das glândulas mamárias, mensalmente, em busca de caroços, dores à palpação ou presença de secreções nas mamas.

Palpação da região axilar e inguinal também ajuda a perceber alterações nos linfonodos. Em qualquer alteração percebida, uma visita ao médico veterinário se faz necessária.

Prevenção é um ato de amor. Proteja quem você ama!  

 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






COLUNISTAS  |  23/10/2020 - 09h


COLUNISTAS  |  23/10/2020 - 08h