GERAL

Schroeder disponibiliza formulário para cadastro de agentes culturais no auxílio da Lei Aldir Blanc




Escolas de música estão entre os beneficiários | Foto: Divulgação

Schroeder disponibilizou, nesta quarta-feira, no site da Prefeitura (www.schroeder.sc.gov.br) um formulário para que trabalhadores, agentes e responsáveis por produções e espaços culturais possam fazer o cadastro para solicitar o auxílio emergencial via Lei Aldir Blanc.

O diretor de Turismo, Ivanio Dalton Laube, explica que esse é o primeiro passo para a liberação do auxílio e que o município trabalha seguindo a normativa regional da Amvali.

O cadastro deverá ser realizado diretamente no formulário disponibilizado no site e, depois disso, uma comissão interna fará a avaliação e os encaminhamentos necessários.

Ele conta, ainda, que há cerca de duas semanas foi realizada uma reunião para discutir o tema e cerca de 10 pessoas representando sociedades e pessoas físicas participaram para entender o processo e tirar dúvidas.

A expectativa do município é de que entre 30 e 40 pessoas façam a inscrição. O prazo vai até sexta-feira (18).

“Com certeza é muito importante, nós vemos o setor parado desde o final de abril e muitos ficaram até sem poder colocar comida na mesa. Enxergamos como uma forma justa de poder ajudar essas pessoas que trabalham para a promoção cultural e turística da nossa região. Precisamos valorizar esses profissionais. E por isso, estamos nos colocando à disposição para auxiliar nesse cadastro e ajudar a todos que precisam”, finaliza.

Para mais informações entrar em contato com Ivânio 47-33746539 (turismo@schroeder.sc.gov.br) ou Carlos (bandamunicipal@schroeder.sc.gov.br).

Sobre a Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc

Aprovada no Congresso Nacional (sancionada no dia 29 de junho de 2020), tem por objetivo principal o auxílio emergencial para artistas, coletivos e empresas que atuam no setor cultural e atravessam dificuldades financeiras durante a pandemia.

A Lei promoverá um repasse monetário para estados e municípios do país investirem em ações emergenciais de apoio e suporte ao setor cultural e artístico. Os recursos, que são provenientes da União, devem ser aplicados até o dia 31 de dezembro de 2020.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM