GERAL

Avançam as tratativas para formalização de convênio entre o Cecas e o IFSC em Schroeder
Investimento no projeto é de R$ 458,8 mil, oriundo de repasse do MPSC. A prefeitura dará contrapartida com obras de paisagismo e jardim sensorial.




Obras do Cecas estão dentro do prazo estabelecido. Foto: Gênesis Costa/Schroeder Post

O Centro de Educação Científica e Ambiental (Cecas) de Schroeder continua sendo construído e organizado a pleno vapor. Com valor de investimento de R$ 458,8 mil, o projeto, que tem parceria com o MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) por meio do Fundo dos Bens Lesados, terá estrutura inédita na região Norte/Nordeste do Estado, viabilizando a ampliação e a pluralidade das formas de ensino na região.

Planetário, trilha ecológica, laboratório científico, meliponário (coleção de colmeias de abelhas nativas sem ferrão) e jardim sensorial são algumas das estruturas que serão oferecidas aos alunos e à comunidade e, de acordo com a diretora da Defesa Civil de Schroeder e defensora da iniciativa, Tânia Dantas, as tratativas para formalização de convênio entre o Cecas e o IFSC estão evoluindo a passos largos.

Réplica do foguete brasileiro VS 40, em proporção menor, será construída no local. Foto: Divulgação

Além disso, ela destaca que as obras do Cecas estão dentro do prazo estabelecido, com a adequação do espaço que irá abrigar o planetário prevista para ser entregue no mês de novembro.

“O Instituto sinalizou positivamente e evoluímos para formalizarmos o convênio ainda este ano”, conta.

A orientação do professor Jaison Vieira da Maia, que articula esse convênio é de realizar o levantamento das demandas que deve ser entregue à reitoria do IFSC, explica Tânia. No dia 25 de agosto, o professor Jaison e o professor Luiz Fernando Henning visitaram e conheceram o espaço onde o Cecas está sendo construído.

“A assinatura de um convênio com o IFSC será um salto na educação de Schroeder e dará novas oportunidades aos jovens que buscam formação universitária”, Tânia Dantas, defensora da iniciativa.


“A assinatura de um convênio com o IFSC  será um salto na educação de Schroeder e dará novas oportunidades aos jovens que buscam sua formação universitária em áreas ligadas à física, astrofísica e outras possíveis que as demandas irão sinalizar”, salienta Tânia.

Há, ainda, a possibilidade de parceria com o Governo do Estado para englobar, também, as escolas estaduais.

Investimento no projeto é de R$ 458,8 mil, oriundo de repasse do MPSC. A prefeitura dará contrapartida com obras de paisagismo e jardim sensorial. Foto: Divulgação

 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM